Você verá que a emoção começa agora...
Agora é brincar de viver!
(Guilherme Arantes)





sexta-feira, 22 de junho de 2012

PICO, A ILHA NEGRA

 

De mala e cuia, pegamos o Ferry e guiados pela Bia partimos para Ilha do Pico, afinal, aqui do Faial nos surpreendemos sempre a admirar a paisagem que o imponente Pico proporciona, hora com um cinturão de nuvens, hora limpo ou coberto. Então, bora lá… conhecer a Ilha do Pico.

DSC02969

DSC02970

São apenas 25min de viagem… um passeio.

DSC02979

A vista do Conselho de Madalena em nossa chegada. A ilha tem 3 Conselhos, que são para nós como cidades, Madalena, Lajes e São Roque e mais 17 freguesias, assim eles denominam os bairros ou vilarejos espalhados pela ilha.

DSC02984

Aqui, uma das freguesias, com suas casinhas de pedras escuras… é uma visão bem diferente do que estamos acostumados a ver… portanto, enchem nossos olhos.

DSC02994

DSC02995

Vamos ao que interessa, a Rota do Vinho… hummmm.

DSC03002

A Ilha do Pico é considerada a Ilha Negra, pela sua paisagem vulcânica de surpreendente beleza.

DSC03005

Considerado pela UNESCO como Patrimônio Mundial, a Paisagem da Cultura da Vinha do Pico, tem grande importância no contexto do país e não somente para os Açores.

DSC03014

Ele tem uma certa atração por barris, não sei por quê…

DSC03016

DSC03023

Podemos contemplar o Pico de toda parte da ilha.

DSC03028

A lava vulcânica chegou ao mar.

DSC03035

O Pico forma uma das paisagens mais lindas que já vi.

DSC03038

Possui 2351m de altitude e é a maior elevação do território português.

DSC03045

Todos na Lagoa do Capitão, com o Pico ao fundo. Bia, Hugo, Catarina, Eu e o Fer.

DSC03053

Esse é o Museu da Indústria Baleeira, instalado desde 1942 em uma antiga Fábrica da Baleia, retrata a importância que a atividade da caça à baleia imprimiu na ilha. Essa prática foi introduzida pelos americanos e veio a ser a principal fonte de sustento da Ilha do Pico. Eles caçavam principalmente as Cachalotes.

DSC03059

Os principais produtos que se obtinham com a caça as baleias eram o óleo, usado como lubrificante e as farinhas, que serviam de ração para animais e adubo. De uma cachalote podia se obter de 8 a 10 toneladas de óleo, que eram muito rentáveis na época. Em 1987, foi proibida a caça à baleia de maneira a preservar a espécie e hoje a observação do cetáceo traz um retorno muito maior que seu abate.

DSC03159

Monumento ao Baleeiro Açoriano.

DSC03055

Nossa guia, nossa amiga, pessoa especial que encontramos nesse porto tão distante do nosso Brasil, vai ficar pra sempre em nosso coração. Que isso gordinha? (Só ela vai entender… rsrsrs)

DSC03075

A Ilha do Pico, nos proporciona lindas paisagens. Dificil tarefa é selecionar as imagens para publicar no blog, vocês não tem idéia da quantidade de fotos lindas não publicadas.

DSC03079

DSC03080

Aqui na Freguesia de Piedade, uma vinha, plantada em solo vulcânico, assim como em toda a extensão da ilha. Esse é o quintal da adega do Seu Luiz e Dona Adélia, amigos da Bia, que nos emprestaram a adega para pernoitarmos. Aqui, todos transformaram suas adegas em casas de férias simples, mas irresistíveis e principalmente inesquecíveis.

DSC03106

Tinhamos acabado de chegar e o Seu Luiz chegou logo depois com a filha Sara e já entrou dizendo – Vamos tomar um tinto! – Ainda nem haviamos sido apresentados direito… o Fernando me olhou com os olhos grandes e me perguntou o que ele havia dito, e eu confirmei – Ele disse – Vamos tomar um tinto!

Eta Lêlê, a festa vai começar!

DSC03108

Seu Luiz, então, entrou naquele espaço mágico, a adega propriamente dita, e quando abriu a torneira de uma das pipas, jorrou aquele liquido cor de vinho com um aroma delicioso… e o Fer não queria mais sair de lá.

DSC03111

O vinho é realmente especial, o melhor que já provamos até hoje, feito em escala reduzida e portanto com mais cuidados aos detalhes, uma preciosidade que degustamos em cuias de barro. Agora preciosidade mesmo, foi conhecer pessoas como a D. Adélia, Seu Luiz e Sara…

DSC03116

Ainda saimos para jantar com o Marquinho, filho do Genuíno, que estava a trabalho no Pico. Noite muito agradável, bom papo, boa companhia, boa comida, momentos que certamente lembraremos com muita saudade… o Marquinho é muito divertido e demos boas risadas juntos.

DSC03118

Mais vinho e bacalhau… é claro!

DSC03122

De volta a adega, esse era o nosso quarto, aconchegante e quentinho, arrumado com todo carinho pela D. Adélia, um capricho. E o Fer a sonhar com aquele vinho maravilhoso, que estava bem abaixo de nós… percebendo que o Fer havia gostado do vinho, quando amanheceu, havia uma garrafa com 5 litros de vinho e uma bagaceira separadas para ele.

DSC03125

Essa é a adega. Nós iriamos embora neste dia, mas resolvemos ficar mais um, então fomos conhecer mais um pouco da ilha e mais tarde voltaríamos pra jantar com os donos da adega… ehehehehe, adoramos essa parte, voltar para a adega. Uhuuuuu! O Fer já dizia - Vocês podem ir, eu fico!

DSC03128

Quando chegamos aos Açores ficamos felizes por estar em um lugar onde se falava o “português”, a nossa lingua. Foi quando nos pegamos a não entender nada do que diziam, chegou a ser engraçado termos que pedir pra repetir para que pudéssemos compreender, mas por aqui cada ilha tem sotaques e influências que diferenciam, e muito, a maneira com que falam a lingua portuguesa e por muitas vezes fica dificil entendê-los, contudo, a gente vai se acostumando.

DSC03144

Na hora do almoço, para matar a saudade do Brasil, a Bia nos levou no Restaurante dos brasileiros Taner e Bete, mineiros que fazem uma comidinha pra lá de gostosa.

DSC03160

Depois de apreciarmos, pão de queijo, tutú de feijão, carne de panela, couve, arroz, caipirinha… que saudade do Brasil! Uma paradinha para foto, da esquerda pra direita – Taner, Bete, Camila, eu, Fernando e Catarina. Tem brasileiros de monte por esse mundo a fora… Vixi Maria!

DSC03162

A Ilha do Pico, possui pouco mais de 14 mil habitantes, largura máxima de 15,2km e comprimento máximo de 42km.

DSC03181

De volta pra adega… hummm churrasco de linguiças, chouriços, panceta, peixe e claro… aquele vinho maravilhoso!

DSC03204

Na foto, Catarina, Carol, Marquinho, Hugo, Fer, eu, Seu Luiz e Sara.

DSC03201

Recebendo o carinho especial da querida D. Adélia.

DSC03206

 Essa viagem nos surpreende a cada dia, mais do que conhecer lugares, temos a oportunidade de conhecer pessoas especias, que nos recebem, sem ao menos nos conhecer, como os seus… incrivel a sensação de aconchego familiar… momento mágico.

DSC03213

Nós… aproveitando cada segundo…

DSC03224

O Seu Luiz só a observar aquela gentarada na adega dele, a rir, comer, beber, conversar… ele é uma figura, gente boa demais!

DSC03246

E quando todos já estavam cansados pensando em dormir, os incansáveis anfitriões, nos convidaram para apreciar a vista da lua cheia a iluminar o mar de um miradouro da ilha, já era mais de meia noite, e lá vamos nós com os dois!

DSC03289

É claro, o vinho não poderia faltar… Meu Deus! Vamos ficar mal acostumados!

DSC03292

No outro dia pela manhã, as despedidas, teríamos que voltar ao Faial.

DSC03293

D. Adélia me emocionou, quando com os olhos cheios de lágrimas veio nos abraçar e dizer adeus… foi realmente especial. O melhor de conhecer a Ilha do Pico, foi conhecer essa familia, de pessoas simples, hospitaleiras, verdadeiras… amigas! É Bia, você não nos apresentou apenas lugares especias…

DSC03295

Era feriado de Corpus Christ e as ruas estavam sendo enfeitadas para as procissões mais tarde.

DSC03306

Eu e o Fer… felizes…

DSC03311

Passeando entre as vinhas na paisagem negra da ilha.

DSC03329

Carol e eu a improvisar…

DSC03331

Que maravilha poder viver esses momentos, conhecer lugares e pessoas especias, experimentar sabores, aromas e emoções que ficarão gravados pra sempre em nossa memória, respirar novos ares, sentir o perfume das flores, das frutas, dos lugares e as energias que elas emanam… Viver… viver cada momento, aproveitar essa experiência enriquecedora, segundo a segundo. Obrigada meu Deus!

DSC03338

8 comentários:

Alessandra bento disse...

Lindo demais!
Paula, vc já está com sotaque! rs...

vani lamberti disse...

Muito lindo, que delicia de pessoas, né....Bom demais!!!!!Fico muito feliz por vcs estarem tendo esta experiência de vida..Como diz Mané isso não tem preço....bjs Mãe

Mauricio e Silvia disse...

É Paulinha e Fernando ! Nessa loucura, ou seja, aventura ( desculpa rsrsrs!!!) que voces estão tendo, além de milhares de fotos, além das muitas milhas que ainda estão por vir, dos sabores diferentes ainda a conhecer, o que mais ficara na lembrança, são pessoas como essas que vocês conheceram e se Deus quiser ainda irão conhecer!!!! Ainda existem pessoas como essas , em muitos lugares, mas já são raras !!! Ficamos contentes que só encontrem pessoas boas por onde passam, afinal pessoas maravilhosas como vocês merecem isso com certeza !!!

Abraços e saudades

Mauricio e Silvia

Eduardo disse...

Depois de ler:
"Que maravilha poder viver esses momentos, conhecer lugares e pessoas especias, experimentar sabores, aromas e emoções que ficarão gravados pra sempre em nossa memória, respirar novos ares, sentir o perfume das flores, das frutas, dos lugares e as energias que elas emanam… Viver… viver cada momento, aproveitar essa experiência enriquecedora, segundo a segundo. Obrigada meu Deus".
Sinceramente nos emocionamos, obrigado por belas postagens.
Vocês não sabem o quanto isso motiva a gente.
Até breve.

Att.

Eduardo e Alessandra.
Natal/RN

Beatriz Pereira de Moraes disse...

Choreiiiiiiiiiiiiii de saudades de voces ...

Que isso gordinha, que isso gordinha???


ahahahahahahahahahahah


Eu, como Embaixatriiz do Brasil nestas Ilhas, espero que ano que vem Deus me dê mais presentes como estes: desde 2008 pessoas especiais tem passado por aqui e levado um pedacinho do meu coração de volta para o Brasil.
Se continuar assim, em breve estarrei de volta ao Brasil???
Bem-vindos todos que venham para o bem, como a Paula e o Fernando (meu amadinho Chouriço)

Murilo Carani Coube disse...

Ola Andantes!
Acabo de voltar das minhas ferias pela chuvosa Bauru.
O passeio de voces pelo Acores deve ter sido maravilhoso. Cada lugar e paisagem diferente que voces estao nos mostrando em primeira mao! Isso nao tem preco.
Espero encontrar voces por algum passeio pela Europa ou aqui mesmo em Milao.
Grande beijo!

Jair Loos disse...

Esta semana estive na Marina Caravelas (eu também não estou mais lá) olhei para onde ficava o barco de vocês e fiquei a imaginar por onde estarão...Bateu uma saudade danada e uma curiosidade imensa em saber de vocês...Agora que já me atualizei, fico super feliz em saber que estão bem. Abraço e beijos ao casal maravilhoso!!

Gonçalves disse...

Ola....Fernandão.....Paula....e só alegria......lindas fotos.....felicidades pra vocês
o apto. continua no mesmo lugar
rsrsrsrsrsrsrs....abraços