Você verá que a emoção começa agora...
Agora é brincar de viver!
(Guilherme Arantes)





terça-feira, 20 de março de 2012

BAHAMAS… PAULEIRA!

 

Desde que saimos de Porto Rico não desembarcamos e ficamos ao todo por um período de 12 dias sem sair do Andante. Tudo corria bem, mas quando paramos em Turks baixamos os arquivos Grib (previsão meteorológica) e vimos que no dia 5 no inicio da madrugada entraria um vento forte (30 nós) e foi batata… à 1h da madrugada começou a pauleira, o vento entrou violento com 35 nós constantes e chegava aos 42 nós nas rajadas, de Nordeste… ou seja, na cara…

DSC03520

Estávamos navegando em direção à Eleuthera, nas Bahamas, para mais uma parada de descanso e depois de uma noite de turnos feitos na escadinha de entrada da cabine, pois as ondas embarcavam no cockpit e chegaram a passar por cima do bimini, parecia que estávamos dentro de uma máquina de lavar… resolvomemos voltar 20 milhas a favor do vento e tentar nos abrigar em uma ilha chamada Long Island…

DSC03548

Pela manhã chegamos à Long Island, a água incrivelmente clara, mas o céu carregado e o mar muito nervoso. Passamos por uma barreira de recifes e ancoramos com 3,5m de profundidade com 40m de corrente, que ficava esticada até o talo por causa do vento forte. Ai que medo!!!

DSC03558

Ficamos 3 dias e 2 noites parados nesse lugar. Fizemos contato com nosso amigo Manir e ele nos passou a previsão para os próximos dias…

DSC03561

Enquanto isso, assistimos os 2 ultimos filmes que nos restavam a bordo… cafés da manhã…

DSC03564

Escondidinho de carne seca…

DSC03568

O Fer sempre defende a idéia de se ter muita comida dentro barco e nessa hora ficamos tranquilos, porque apesar de ficarmos no mar mais tempo do que havíamos programado, tinhamos estoque de comida e bebida mais que suficiente…

DSC03577

Olhem o lugar que a gente estava… e mal conseguíamos colocar o nariz pra fora… pqp!

DSC03583

A previsão de melhora do tempo era para o dia 08, mas no dia 07 o vento começou a mudar de direção e a nossa ancoragem começou a ficar perigosa, o local era muito raso e tinha muitos recifes, resolvemos sair antes do imaginado. Partimos às 18h20 do dia 07.

DSC03593

Mais pauleira… o mar cresceu consideralvente, as ondas chegavam à 5m… um horror…

DSC03597

Mais uma vez, turnos na escadinha de entrada da cabine… e eu e o Fer exaustos…

DSC03598

Apesar de tudo estar bem preso dentro do Andante, as coisas despencavam com as porradas das ondas no costado do barco que o faziam deslocar-se como um bloco num solvanco forte. Só era possivel descansar nesse sofá de bombordo, lado de sotavento… em outro lugar era tombo na certa.

DSC03627

Depois de mais 12h de sufoco, o mar alisou… tudo voltou a compor um cenário agradável e nem parecia que estávamos nas mesmas águas que encheram a minha cabeça de questionamentos sobre o que estávamos fazendo… não é mole não! A gente fica com a caixola cheia de dúvidas… e querendo mais é estar em casa, segura, dormindo em uma cama que não te lança pra fora e na segurança de “terra firme”.

DSC03610

Penso que o mar testa a gente o tempo todo, tenho muito medo e o Fer diz que vê nos meus olhos arregalados o tamanho do meu pânico, ele também sente medo e isso é bom, ficamos mais cautelosos… mas depois que tudo passa, volto a ver o quanto é preciosa essa experiência que estamos vivendo, o quanto isso nos faz crescer como indivíduos e ainda como a cada dia que passa nos conhecemos melhor e aos nossos limites… isso é formidável!

DSC03623

A paz voltou a reinar no mar…

DSC03621

Vejam o video, infelizmente não tive sangue frio para filmar os piores momentos… mas dá pra ter uma idéia… rsrsrsrsrs.

7 comentários:

Luis Freitas disse...

Sem comentários. Se já suei frio aquele dia no Tietê, uma dessas eu não encarava.
Boa sorte!

Anônimo disse...

Ai me Deuuuuuussssss!!!!!! Proteja esses dois doidos por favoooooorrrr!!!!!!!Bons ventos.., bjs Mãe (com o coração na mão!!!!!)
Vany

Diario de um Sonho disse...

Um abraço para voçês,nunca apanhei tempo desses no meu veleiro mas tenho a experiência quando era pequeno no barco do meu avô e acredito que qualquer pessoa passa a ser mais humilde nesses momentos.
Abraços de Portugal.
Rui e Lena

Mauricio e Silvia disse...

Paulinha e Fernando

Sei que vcs irão tirar tudo de letra !!! Não se deixem abater ! Sei que são capazes !
Com certeza a Vó e o Seu Zé estão olhando por vcs ... são os anjos da guarda !!!!
Mas que deve ter dado um frio na barriga isso deve e nem imagino como foi !!! rsrsrsrsrs

Boa sorte e muita força para vcs

Bjs

Saudades

Mauricio e Silvia

Murilo Carani Coube disse...

Caramba que medo! Mas Paulinha, como tinha dito antes, eh nesse tempo que constroi um grande capitao. E o Fernandao, tratando o Andante com o mesmo zelo que trata a chopeira mais famosa do Brasil, tirou de letra! =)
Grande beijo!

Bernardete disse...

Êta.....meninos corajosos!!!!!


NOSSA!!!!! Estou com saudades, milhões de beijos. Que os anjos da guarda de vocês os protejam sempre.
Bernardete

André Linck disse...

Parabéns pela chegada a Maiami,não é pra qualquer um navegar do brasil até ai.Onda por onda,milha... por milha...Mais lindo que isso é ver a alegria e felicidade de voçês ! Obrigado por este maravilhoso blog.Um abração e bons ventos sempre.

André Linck.